domingo, 18 de abril de 2010

E agora? Comprovada fraude do Datafolha


domingo, 18 de abril de 2010

Comprovada fraude no Datafolha: plano amostral apresentado ao TSE foi fraudado

Em primeira mão no blog Os Amigos do Presidente Lula em 18/04/2010 às 14:01

 

Ao registrar sua pesquisa de março no TSE (protocolo 6617/2010) o Datafolha apresentou informações falsas, que não corresponderam à verdade.

Informou à Justiça Eleitoral:

Plano Amostral:


"... Os dados utilizados para definição e seleção da amostra são baseados no IBGE (censo 2000 e estimativas 2009)..."

Não foi isso que foi feito.

A seleção das amostras não foram baseadas em dados do IBGE.

Houve muito maior peso da região sudeste, e especificamente de São Paulo, na seleção das amostras, muito acima de seu peso real, de acordo com dados do IBGE.


Não resta mais qualquer dúvida quanto à falta de legitimidade da pesquisa de março do Datafolha, pois houve fraude entre o plano amostral apresentado e o realizado.

E quanto ao TSE? O que vai fazer com o Datafolha que apresentou uma declaração falsa, ao registrar a pesquisa?

Em tempo:
Para entender os números da fraude, compare na figura acima os números dentro da linha vermelha:
Base ponderada = deve ser  a proporção de acordo com dados do IBGE
Total Nos.absolutos = amostras selecionadas pelo Datafolha

domingo, 18 de abril de 2010

Situação do Datafolha piora mais ainda: reduziu entrevistas no Nordeste e aumentou em São Paulo, turbinando José Serra

Clique na imagem para aumentar

O amigo leitor Lucido, nos traz novas informações de como o Datafolha manipulou a proporção de pesquisados, reduzindo entrevistas no Nordeste e aumentando em São Paulo, após as pesquisas de Fevereiro, quando o sinal vermelho acendeu no ninho demo-tucano com o empate técnico de Dilma.

O levantamento em azul abaixo é do blog Guerrilheiro do entardecer:

O Datafolha alterou, de forma dramática, a proporcionalidade dos eleitores que entrevistou nas suas pesquisas de Fevereiro e de Março...

1) Em Fevereiro, na divisão por regiões do país, o Datafolha entrevistou o percentual de eleitores relacionado abaixo:

Sudeste - 40,9% (o correto seria em torno de 42%);
Nordeste - 28,7% (o correto seria em torno de 29%);
Sul - 14,6% (o correto seria em torno de 14%);
Norte/Centro-Oeste - 15,8% (o correto seria em torno de 15%).

Portanto, o que se conclui destes dados acima é que o Datafolha respeitou, na sua pesquisa de Fevereiro deste ano, a proporcionalidade da população brasileira. Assim, o instituto entrevistou um número de eleitores, em cada região do país, que respeitou a divisão da mesma entre o Sul, Sudeste, Nordeste e o Norte/Centro-Oeste. As diferenças não chegam a 1%, o que é irrelevante do ponto de vista estatístico.

2) Mas, na sua pesquisa de Março, o Datafolha modificou, radicalmente, o percentual de eleitores entrevistados em cada região do país, desrespeitando totalmente a divisão da população brasileira entre cada uma delas. Duvidam? Então, vejam como o Datafolha dividiu (proporcionalmente) os eleitores entrevistados, em cada região do país, na sua pesquisa de Março:

Sudeste - 61,2% (o correto seria 42%);
Nordeste - 18,4% (o correto seria 29%);
Sul - 11,6% (o correto seria 14%);
Norte/Centro-Oeste - 9,2% (o correto seria 15%).

Portanto, na sua pesquisa de Março, o Datafolha aumentou fortemente o percentual de eleitores pesquisas na região Sudeste, que foi de 61,2%. E a imensa maioria destes, 48,1% dos eleitores pesquisados a nível nacional (2001 eleitores), eram paulistas. E 26% dos eleitores entrevistados no país inteiro eram da CIDADE de São Paulo (1081 eleitores).

Ao mesmo tempo, a participação dos eleitores das demais regiões foi bem menor do que seria o correto, principalmente no caso do Nordeste, que teve apenas 18,4% de entrevistados, quando o correto seria 29%. O Norte/Centro-Oeste foi outra região com uma sensível diminuição do percentual de eleitores pesquisados.

Comparando-se as duas pesquisas, temos o seguinte:

Fevereiro/Março:

Sudeste - 40,9%/61,2% (aumento de 49,6%);
Nordeste - 28,7%; 18,4% (redução de 35,9%);
Sul - 14,6%/11,6% (redução de 20,5%);
Norte/Centro-Oeste - 15,8%; 9,2% (redução de 41,8%). 

A imagem acima é dos próprios relatórios divulgados pelo Datafolha, que podem ser acessados nestes links:

http://datafolha.folha.uol.com.br/folha/datafolha/tabs/intvoto_pres_01032010_tb2.pdf

http://datafolha.folha.uol.com.br/folha/datafolha/tabs/int_voto_pres_29032010_tb2.pdf

Leia também:

Exclusivo: FRAUDE no DATAFOLHA

-Situação do Datafolha piora: "anabolizou" também amostras com cidades do interior de São Paulo

-Como o Datafolha manipulou as amostras para aumentar o número de Cidades pesquisadas no Estado de São Paulo

-Como o Datafolha manipulou as amostras para aumentar o número de bairros pesquisados em São Paulo
origem do :  http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário